Não desista! Persista!

É muito importante ser persistente. Este ano pra mim tem sido uma prova de força de vontade. E eu falhei tantas vezes que nem faço mais a conta. Mas mesmo nas quedas eu consegui perceber que a vontade de parar permanecia.

Eu contei que participei de um grupo de cessação do tabagismo da unimedbh este ano. Fui em 4 dos 6 encontros… Queria muito ter ido nos dois últimos que aconteceram em novembro, mas foi um mês tão conturbado… Acabei dizendo para mim mesmo: Se é pra fumar, vou fumar. Com certeza entrei pra estatística do grupo de pessoas que não conseguiram parar. Mas não desisti.

Na segunda-feira desta semana. Eu não tinha decidido parar de fumar. Na verdade já acordei morrendo de vontade de fumar. E isso deu uma tristezinha, porque em outubro eu estava fumando o primeiro cigarro só no final da manhã… Voltando pra segunda-feira, estou eu pensando incessantemente no cigarro: fumo agora? Fumo daqui a pouco? Quando o Sergio me diz que vai por o adesivo e não vai fumar.

Fui na onda… Até ontem eu me vi pensando: Esta decisão de parar de fumar nem foi minha… (Eu fico impressionada em como o cigarro molda os meus pensamentos inumeras vezes por dia). Só que esta decisão é minha e desde o ano passado estou na tentativa e fracasso de largar o vício. Pois bem, peguei meus remedinhos homeopáticos que tinha largado na gaveta e resolvi tomar. Não estou usando o adesivo, nem nenhuma outra forma de conseguir nicotina, ou drogas alopáticas para a abstinência. O tratamento que estou fazendo são dois medicamentos homeopáticos para controle da ansiedade. Uma capsula de kawa kawa pela manhã e 10 gotinhas de AURUM MET PRAEP D10/FERRUM SIDEREUM D10 uma dose de manhã, outra na hora do almoço e doses nos momentos de maior ansiedade. Sem fumar =] E estou me sentindo muito bem!

Depois eu conto um pouco mais sobre o tratamento homeopático.Só vou dizer uma coisa… Pra quem pensa ser uma possibilidade parar de fumar com a homeopatia, marque uma consulta com o médico pra ele prescrever algo dentro da sua realidade, não é porque este medicamento que falei esta funcionando pra mim que vai funcionar pra você. Na consulta a entrevista foi bem longa e detalhada, e as informações que eu dei com certeza foram utilizadas pela médica para me receitar estes medicamentos. Uma outra menina do grupo da unimed que também tinha ido ao homeopata estava tomando um remédio completamente diferente do meu e também estava gostando do resultado.

Publicado por Keylla García

Terapeuta integrativa apaixonada por Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Estuda e desenvolve técnicas para o controle e alívio do estresse desde 2021. Escritora, bióloga, fotografa, videomaker, webdesigner... uma pessoa que segue, confiantemente, em direção aos seus sonhos.