O nono dia e a prova da cerveja

Terça-feira 08/11/2015 foi nosso nono dia sem cigarro. Foi feriado facultativo, aproveitamos pra adiantar alguns trabalhos durante a tarde. Lá pelas 18 horas deu aquela vontade de sair e tomar uma cervejinha (algo que estamos evitando).

As 19 horas quando estavamos quase chegando em um barzinho perto de casa começa a chover. Mudamos a rota, paramos no postinho (Paulistana, Sul Americana e latinhas de Heineke) bora pra casa.

Foi chegar em casa e abrir a janela que já pensei: “Colocar um vinil, acender um cigarro” (o pensamento é automático). Uma respirada funda, uma relembrada: “Meu nono dia sem cigarro”, um sorriso, fiquei muito feliz!

Esta ficando mais fácil – cada dia que passa – não fumar. As lembranças continuam, os gatilhos se tornam mais evidentes e o controle sobre a minha própria vontade se torna consciente.

O Sergio comeu amendoins compulsivamente, teve uma hora que até comentou não estar entendendo o por quê disso, mas pelo menos não ficou com vontade de fumar. 🙂

Publicado por Keylla García

Terapeuta integrativa apaixonada por Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Estuda e desenvolve técnicas para o controle e alívio do estresse desde 2021. Escritora, bióloga, fotografa, videomaker, webdesigner... uma pessoa que segue, confiantemente, em direção aos seus sonhos.