O elemento água na medicina tradicional chinesa

A Medicina tradicional chinesa utiliza vários símbolos pra descrever processos conectados que ocorrem nos nossos corpos, na natureza, no cosmos… Ela tece uma teia ligando assuntos que pra ciência ocidental não tem conexão. Existem 5 símbolos que são muito importantes de conhecer quando estudamos acupuntura, massagens e outras terapias utilizadas pela medicina chinesa: a Água, a madeira, o fogo, a terra e o metal.

O primeiro reino mutante é a água.

Praticamente toda a água que existe na Terra esta aqui desde o início da formação do planeta. Salvo quando cai algum meteorito que trás em si uma quantidade pequena de água a mais.

Essa água que esta aqui passou por todas as etapas de formação e modificação da Terra até a atualidade. Como a água em sua dinâmica de existência esta sempre em transformação, se faz calor ela evapora, se a temperatura cai ela congela, o clima ameno ela é liquida… Por estar sempre mudando e existir desde o princípio poderíamos até supor que ela já esteve em todos os lugares do globo terrestre… seria possível…

A água esta presente na chuva, nos rios, nos lagos, nas nascentes, no lençol freático, nas geleiras, nos oceanos…

E no nosso corpo também, nós temos cerca de 70% de água na nossa forma física. É muito louco isso, é mais da metade, mas a gente não se dá conta, ninguém fica pensando nisso no dia a dia… talvez se a gente escorresse ou pingasse a gente prestaria mais atenção…

Pra aprofundar um pouquinho mais no que significa a água pra medicina chinesa vou te convidar a lembrar como ela se comporta na natureza.

Por exemplo: água doce e água do mar. São o mesmo tipo de água que se expressam de forma diferente. Uma delas a gente pode beber e a outra não.

Se eu bebo água do mar eu vou me desidratar. Porque nessa água tem muito mais sais do que eu preciso ter internamente. É que o meu corpo já possui sais minerais. Percebe que se a gente viajar nesse sentido pode acabar concluindo que os seres humanos têm algumas semelhanças com a água do mar? Eu vou voltar nisso daqui a pouco e se você lembrar de uma curiosidade sobre a água não esquece de me contar aqui nos comentários que este tema continua na semana que vem.

Pensa na água doce, uma nascente de um riacho. Desde a hora que ela brota ali ela é uma água que corre, que se movimenta. Ela meio que nasce e começa a trilhar um caminho que vai chegar no mar. (Então ela é uma água que se movimenta e que tem um destino) porque toda agua doce uma hora acaba caindo lá no mar.

Esse riacho talvez não saiba que vai desembocar no mar, igual as pessoas que nascem, começam a se movimentar, seguem seus caminhos e apesar de não saberem a onde vão chegar, todo mundo chega lá um dia.

Você pode até dizer que já viu nascente que não forma rio, que forma lago. Outra característica da água: a quietude. No lago geralmente temos a possibilidade de muita vida existir ali. Peixes, repteis, aves… um monte de insetos. É uma água que a gente pode beber, doce… Um bom exemplo. E quietude é o que? Uma qualidade que quem cultiva na sua personalidade cativa pessoas.

Tem também as corredeiras, as cataratas, as cachoeiras caindo lá do alto… Tem água em grutas tranquilas… Isso mostra que a natureza da água é adaptativa. Ela tem essa capacidade de se moldar às necessidades do ambiente, ela adquire a forma do recipiente em que ela esta sem perder as suas características, a sua essência, sem deixar de ser água. Tá começando a entender onde eu quero chegar? Não?

Se a água se adapta ao recipiente e eu sou 70% água eu devo ter umas características da água aqui em mim.

Pra medicina chinesa a água guarda todas as potencialidades de existência. Ela  esta relacionada com a essência de cada um, ela guarda o próposito de cada pessoa… Como ela esta presente desde sempre, ela vai guardar toda a memória também. Uma gota d’água sabe tudo. Pensa comigo: quantas coisas a gente descobre analisando o sangue e a urina? Líquidos orgânicos do nosso corpo que é 70% feito de água.

A nossa água interior ela é salgada como mar. Ela precisa se abastecer de água doce também como o mar. E o mar é como? O mar apesar de estar em uma grande bacia ele é imprevisível, ele se move por conta própria, com criatividade, nenhuma onda do mar quebra igual a colega do lado. Toda vez é diferente. E o ser humano é assim também, cada um é diferente, imprevisível, criativo…

Só que a nossa água interna também se move como um rio. A nossa água, os nossos líquidos corpóreos eles se movem nos vasos sanguíneos… nos vasos linfáticos. Saindo e entrando das células através das membranas plasmáticas… E este movimento que acontece internamente é um indício. É um lembrete. Que assim como os rios percorrem caminhos diferentes pra chegar até o mar. As pessoas também percorrem caminhos diferentes e possuem propósitos diferentes na vida.

Publicado por Keylla García

Terapeuta integrativa apaixonada por Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Estuda e desenvolve técnicas para o controle e alívio do estresse desde 2021. Escritora, bióloga, fotografa, videomaker, webdesigner... uma pessoa que segue, confiantemente, em direção aos seus sonhos.