O que os sabores ácido, picante e doce podem fazer pelo seu fígado?

Você sabia que para a medicina preventiva a alimentação é uma ferramenta e uma prática muito poderosa?

A medicina tradicional chinesa é em sua essência uma medicina preventiva, um tratado de como viver bem. É por isso que existem tantas recomendações sobre alimentação no livro clássico: Tratado da medicina interna do Imperador Amarelo (Nei Jing).

Quando se fala em terapias antigas orientais, se pensa logo em acupuntura, massagens e chás fitoterápicos, mas antes disso vem a alimentação.

Pois bem, cada um dos 5 sabores (salgado, doce, ácido-azedo, amargo e picante) vai atuar de forma diferente no corpo. Além disto, esta ciência milenar, considera que cada órgão do corpo estará mais ativo em determinada estação do ano.

E por isso, a estação do ano anterior é a ideal para fortalecer e nutrir aquele órgão específico. Neste vídeo eu falo sobre os sabores e os alimentos em relação ao Reino Mutante da Madeira (que engloba o fígado e vesícula biliar).

O sabor picante tonifica, fortalece, revigora a energia do fígado.

O sabor ácido dispersa, espalha, desconcentra a energia do fígado.

O sabor doce harmoniza a energia do fígado.

Importante lembrar que: um pouco de sabor ácido, um pouco de sabor picante e um pouco de sabor doce é bom para nutrir o fígado. Já o excesso… Existe uma máxima do I Ching que diz assim: Quando as coisas atingem seus extremos se transformam em seus opostos. Excessos nunca são bons para o corpo e para a mente.

Ao nos tornarmos mais conscientes do que ingerimos começamos a cuidar e fortalecer a energia dos orgãos. E consequentemente nos tornamos mais saudáveis, menos propensos a adoecer.

A alimentação na Medicina Chinesa vai privilegiar alimentos naturais (não industrializados). Você pode utilizar dois parametros para guiá-lo na descoberta de como se alimentar seguindo os preceitos da medicina chinesa: a forma do alimento e a cor.

Para nutrir o fígado a pessoa pode se atentar aos alimentos nas cores verde, amarelo, laranja, branco, alimentos clarinhos, e escuros (como a beringela).

E Sim! Se você esta procurando tratar e fortificar o fígado evitar bebidas alcoólicas e drogas será de muita ajuda, uma vez que sobrecarregam o fígado. Lembrando que o que é bom pro fígado vai ser bom para os músculos, tendões, articulações, pra visão, pra vesícula biliar, pra sua capacidade de planejamento, para os sonhos e também para cultivar o auto controle (diminuindo a raiva e a irritação e fortalecendo a paciência).

Se este paragrafo te fez ficar perdido, sem entender bolhufas do que os músculos tem a ver com o fígado assista esse vídeo aqui!

Como disse antes, o melhor momento pra nutrir a madeira é antes da primavera. Pois a primavera é a estação do fígado e da vesícula biliar. Tudo o que está ligado a Madeira fica mais ativo nesta estação, portanto mais sujeito a desequilíbrios. Pra nutrir o fígado, vamos consumir alimentos ricos em ferro como o espinafre: cominho, curry, açaí, gergelim… E também alimentos ricos em cobre: como ostras e fígado de boi. Pouco fígado de boi.

Nem só com a alimentação se prepara a Madeira para a primavera. A pessoa que quer fortalecer o elemento da Madeira em seu organismo e em sua vida também vai se beneficiar ao desfrutar de ambientes calmos, da convivência com pessoas alegres e criativas, e de momentos de recolhimento e reflexão. Uma boa é praticar yoga, meditação e qi gong.

Para mais dicas de vida saudável, não esquece de acompanhar minhas aventuras no instagram! Vem comigo?

http://www.instagram.com/keylla_garcia

Publicado por Keylla García

Terapeuta integrativa apaixonada por Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Estuda e desenvolve técnicas para o controle e alívio do estresse desde 2021. Escritora, bióloga, fotografa, videomaker, webdesigner... uma pessoa que segue, confiantemente, em direção aos seus sonhos.