Setenta e seis

A pessoa nasce tenra e branda
A pessoa morre rígida e dura
As plantas quando brotam
São suaves e delicadas
As plantas quando morrem
São secas e duras
A rigidez e a dureza são companheiras da morte
A suavidade e a flexibilidade são companheiras da vida
Armas rígidas não garantem a vitória
Árvores duras se encontram com a serra
Rigidez e dureza diminuem
Flexibilidade e brandura prosperam

Adaptação livre de distinção de gênero, por Keylla García.

Publicado por Keylla García

Terapeuta integrativa apaixonada por Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Estuda e desenvolve técnicas para o controle e alívio do estresse desde 2021. Escritora, bióloga, fotografa, videomaker, webdesigner... uma pessoa que segue, confiantemente, em direção aos seus sonhos.