Sessenta e quatro

A calma é fácil de manter
O que ainda não aconteceu é fácil de planejar
A fragilidade torna fácil de quebrar
As coisas pequenas são fáceis de dispersar

É preciso agir antes das coisas passarem a existir
É preciso organizar antes da desordem se estabelecer

A grande árvore nasce de um pequeno broto
Uma torre de nove andares é feita de pedra sobre pedra
Uma viagem de mil milhas inicia-se com um único passo

A pessoa que tenta em demasia fracassa
A pessoa que se apega perde
Assim, a pessoa sábia não força nada, e por isso, não fracassa
Não se apega, e por isso, não perde

As pessoas se ocupam de seus assuntos
e pouco antes de finalizar, estragam tudo
Se cuidassem do final da mesma forma
que cuidaram do início
não haveriam assuntos arruinados

Assim, a pessoa sábia, deseja nada desejar
Não valoriza as coisas difíceis de se adquirir
Aprende através do não-aprender
Interessa-se pelo que as pessoas se desinteressam
Permite que as coisas sejam como são
e não tenta modificá-las

Adaptação livre de distinção de gênero, por Keylla García.