Adaptando o café da manhã sem glúten e sem lactose

Se você tem o hábito de comer aquele pãozinho de sal fresquinho com manteiga ao lado da sua xícara de café, pode ser que tenha um pouco de dificuldade em imaginar uma forma diferente de se alimentar pela manhã.

Confesso que tem mais de um ano que a primeira refeição do meu dia consiste em ovos, uma fruta e café puro.

Abandonar o pão doce com creminho, ou o pão sovado da padaria aqui perto de casa (que eu adoro) não foi fácil. Mas como já tem alguns anos que virei essa página, posso dizer com certeza que com o passar do tempo fica mais fácil. O que me ajudou muito foi simplificar a refeição, que basicamente consiste em ovos com café e uma fruta.

No final de 2018 fiz uma consulta com nutricionista – na época eu queria perder 4kg e mudar meus hábitos alimentares. Os quilinhos não se foram, mas a consulta e a dieta serviram para inserir se vez as frutas na minha alimentação. De quebra aprendi a adicionar chia ao comer frutas pra inserir mais fibras e aumentar a sensação de saciedade.

Minha sugestão pra adaptar o café da manhã é: simplifique. Fica mais fácil inserir um hábito novo se ele for simples. A partir daí é só não deixar faltar ovos na sua geladeira que a primeira refeição do dia está garantida.

Eu decidi que não ia mais me alimentar de glúten e lactose no dia 19/12. Pouco antes do Sérgio abastecer a geladeira de queijos. Eu estou assim, só observando os queijos, porque foi eu mudar que ele já está demonstrando uma redução no consumo dele. Além disso, finalmente passou a pesquisar sobre refluxo e alimentação. E está disposto a alterar seus hábitos pra parar de ter refluxo á noite. Quando o assunto é comida e casamento, se o casal muda os hábitos juntos fica mais fácil passar pelo período de adaptação, e mais fácil não cair na tentação de chutar o balde.

Não, ele não está cortando o glúten e lactose, quem tem intolerância sou eu. Mas que o consumo dele de queijo em 3 dias diminui, posso garantir que sim.

Publicado por Keylla García

Terapeuta integrativa apaixonada por Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Estuda e desenvolve técnicas para o controle e alívio do estresse desde 2021. Escritora, bióloga, fotografa, videomaker, webdesigner... uma pessoa que segue, confiantemente, em direção aos seus sonhos.