Quarenta e duas

A Tao gera Uma
Uma gera Duas
Duas gera Três
Três gera as dez mil formas de existência

As dez mil formas se cobrem com a obscuridade (Yin)
As dez mil formas abraçam a claridade (Yang)
As dez mil formas se harmonizam através do Sopro (Chi)

O que a humanidade despreza
é a solidão, o abandono e a insignificância

Ainda assim, pessoas que governam
se nomeiam por estes termos

As coisas ou são aumentadas pela diminuição
ou diminuídas pelos exageros

Eu também ensino como outras pessoas ensinaram:
“Pessoas fortes e violentas não morrem por causas naturais”
Irei utilizar esta premissa como a origem da aprendizagem

Adaptação livre de distinção de gênero, por Keylla García.

Publicado por Keylla García

Terapeuta integrativa apaixonada por Acupuntura e Medicina Tradicional Chinesa. Estuda e desenvolve técnicas para o controle e alívio do estresse desde 2021. Escritora, bióloga, fotografa, videomaker, webdesigner... uma pessoa que segue, confiantemente, em direção aos seus sonhos.