Trinta e nove

Na antiguidade todas as coisas alcançaram a Unidade
O Céu tornou-se límpido
A Terra tornou-se tranquila
As Almas tornaram-se despertas
Os vales tornaram-se opulentos
As dez mil formas tornaram-se vivas
As pessoas que governam tornaram-se referência sobre a Terra

O Céu não se tornando límpido temerá rachar-se
A Terra não se tornando tranquila temerá estremecer
As Almas não se tornando despertas temerão exaurir-se
Os vales não se tornando opulentos temerão secar
As dez mil formas não se tornando vivas temerão extinguir-se
As pessoas que governam não sendo referência temerão a derrota

Por isso, quem governa utiliza a humildade como origem
a altura utiliza a baixeza como base
Sendo assim, as pessoas que governam
denominam-se a si mesmas órfãs, carentes e indignas

Isto seria utilizar a humildade como origem, não seria?
Por isso, alcançar a valorização é aproximar-se da não-admiração
Não deveríamos desejar ser inestimáveis como a jade
E sim ser humildes como uma simples pedra

Adaptação livre de distinção de gênero, por Keylla García.