# Dia 23 Chacoalhar, sacolejar e deixar ir

Oi Biscoitinhos 🥠 e Bolachinhas 🍪, como vocês estão se sentindo hoje?

🤸🏻‍♀️✨ A dica de hoje é simples e pode parecer uma coisa boba, mas eu garanto que é extremamente eficaz pra desestressar!

Vamos fazer o seguinte:

🍪 – Fique em pé, coluna ereta e os pés na largura dos ombros, flexione um pouquinho os joelhos, deixe os braço soltos com as mãos voltadas para frente (essa é a posição da montanha na Yoga), agora coloque um sorriso leve no rosto;

🍪 – Retire a perna e o pé direito do chão, chacoalhe e volte a apoiar no chão;

🍪 – Agora faça o mesmo com a perna e o pé esquerdo;

🍪 – Distancie um pouco do corpo o seu braço esquerdo e chacoalhe;

🍪 – Agora faça o mesmo com o braço direito;

🍪 – Por último chacoalhe todo o corpo (não se esqueça de manter o sorriso no rosto e tente se divertir um pouco ao mover seu corpo assim).

E ai como se sente?

🤸🏻‍♀️✨ Eu aprendi essa técnica no # Dia 7 da minha jornada para desestressar, eu estava me sentindo muito estressada e sobrecarregada. Eu acordava todos os dias com flashs do que tinha acontecido no # dia 1, a situação estressante que vivi e que me levou ao limite e me colocou em movimento.

No dia 7 eu fui em uma consulta com um terapeuta psiquiatra, professor de Ki-Aikido e que utiliza a técnica da Experimentação Sensorial para tratar traumas. Uma amiga psicologa havia me indicado ele alguns meses atrás e eu sentia que precisava de toda a ajuda que pudesse encontrar.

🤸🏻‍♀️✨ No desenrolar da consulta, entre vários exercícios de Experimentação Sensorial, ele me pediu para chacoalhar todo o corpo, e disse que é assim que os animais na natureza se desprendem de energias estressantes quando o episódio estressante passa e voltam a viver a vida normalmente de forma relaxada.

🤸🏻‍♀️✨ Eu utilizo esse chacoalhar sempre que sinto vontade, e considero que é muito eficaz quando pensamentos repetitivos aparecem na minha mente.

Se você quiser saber mais sobre esta técnica eu indico o livro: O Despertar do Tigre do autor Peter Levine. Estou lendo e adorando saber um pouco mais sobre como o estresse pós-traumático pode ser tratado. Este autor mostra que até situações rotineiras que aparentemente não são vistas como traumáticas podem impactar muito a vida de uma pessoa. E mostra a possibilidade de cura que existe dentro de cada um de nós.