# Dia 52 – Como encontrar forças no seu interior?

Existem dias em que o estresse emocional pode ser experienciado de forma mais pesada. É o caso de pessoas que lidam com o diagnóstico de varias doenças sérias como doenças autoimunes, tumores, doenças incapacitantes, entre tantas outras. Em casos assim, alguns médicos orientam seus pacientes a encontrar formas de aliviar o estresse, para que a preocupação com o diagnóstico não abale o sistema imunológico e acabe por piorar o quadro do paciente.

Mas o que fazer quando estamos nessa situação de sobrecargar física e emocional? Como lidar com os pensamentos repetitivos e a preocupação? Como lidar com sentimentos de culpa e vergonha?

Falo de culpa e vergonha, porque uma doença pode ser experienciada na mente como uma derrota. Estes sentimentos também podem dificultar o diálogo com as pessoas com quem convive e que formam a base de apoio daquela pessoa. A autora Brené Brown estudou por 12 anos os sentimentos de culpa e vergonha e publicou vários livros a respeito. Em uma tradução livre de uma de suas frases celebres ela nos apresenta a seguinte solução:

“Converse consigo mesmo da mesma forma que você falaria com uma pessoa que ama, como se estivesse tentando encoraja-la no meio de um desastre.”

Existem dois pontos muito importantes nessa recomendação o primeiro é se acolher, falar consigo mesmo com amor. E o segundo ponto é encorajar alguém que esta no meio de um desastre, e esse alguém é você mesmo.

Eu fiz este exercício, em um dia bem sombrio de tempestade interior. Desde o final de 2020 até o presente momento em agosto de 2021 vivenciei alguns episódios de estresses relativos a possíveis diagnósticos… Digo possíveis pois continuo buscando uma resposta. É por isso que mais uma vez eu venho falar da minha própria vivencia por aqui. E acredito que falar com base em minhas experiências pode realmente ajudar alguém que esta passando por algum momento semelhante e desafiador. Quando estiver em um dia de tempestade interior escreva uma carta para si mesmo, seguindo a recomendação da Brené Brown.

Eu fiz isso e foi como uma terapia. Percebi que eu não costumo falar comigo mesma de forma amorosa e muito menos costumo me encorajar. Percebi que tirar um momento para escrever uma carta amorosa me encorajando em um momento em que estou me sentindo tão sobrecarregada e estressada deu um alívio. Foi bom ler coisas boas ao meu respeito. Foi bom perceber que por mais que eu não exercite tanto falar comigo mesma de forma amorosa, quando decidi fazer isso percebi que tenho uma autoimagem positiva sobre mim mesma e fazer esta conexão por si só me ajudou a acalmar minha mente e desestressar

É por isso que no dia 52 do desafio de 21, 64 e 81 dias para desestressar a minha sugestão para aliviar o estresse emocional é: “Escreva uma carta para si mesmo, como se você escrevesse para uma pessoa que ama, como se estivesse tentando encoraja-la no meio de um desastre.”